Biblioteca/Brinquedoteca

Casa dos Sonhos

A Arca dos Sonhos, espaço da Brinquedoteca e Biblioteca, surgiu a partir do desejo de motivar as crianças e jovens nas práticas da leitura e escrita, como também vivências e experiências lúdico terapêuticas.

Este espaço busca estimular e despertar nos diferentes públicos a construção de sonhos com base no desejo de alçar novos voos do saber, permitindo um descortinar de seus mundos para novos mundos, onde o reencanto do aprender, brincar e sonhar despertem novas experiências, vivências e sonhos.

Biblioteca Pe. José Comblin (1923-2011): Em homenagem ao sacerdote e missionário belga, teólogo da Teologia da Libertação. Escritor e missionário no Nordeste brasileiro e na América Latina. Realizou um grande trabalho no campo da educação popular, na promoção dos leigos missionários e foi compassivo e solidário com os pobres.

Brinquedoteca Adriano Araújo (1992-2012): o primeiro sonhador e inspirador da Casa dos Sonhos, partiu aos 20 anos de idade.

O projeto da biblioteca materializa-se das necessidades vivenciadas com as crianças, adolescentes, jovens e adultos da comunidade que apresentam fragilidades na aprendizagem escolar, com alto índice de analfabetismo e dificuldade na leitura e escrita.
É com base nessas necessidades primárias que surgiu a ideia de funcionalizar o espaço lúdico de leitura que possa contribuir, atrair, estimular e despertar nas crianças, adolescentes, jovens e adultos um novo sentido na construção dos seus sonhos, superando sua vulnerabilidade social. Este projeto proporciona a inclusão de muitos que ainda não têm acesso à leitura e à escrita, se tornando um único espaço desse tipo para uma grande população.

Iniciada em 2015 e inaugurada em 2018 com recursos do Criança Esperança, a Biblioteca/Brinquedoteca abriga muitos eventos e celebrações, dentre elas:
– Hora do conto, com círculos de contação de histórias e encenações a partir de leitura de livros;
– Rodas literárias, para leitura de romances, contos, novelas e discussões sobre a trama e o contexto escrito;
– Mostra literária para as escolas e comunidade em geral;
– Tenda de leitura nas ruas e praças, círculos de contação de histórias utilizando sempre a oralidade e o manuseio do livro impresso;
– Oficinas de formação para os educadores e educandos;
– Intercâmbio de práticas de leituras com crianças, adolescentes e jovens;
– Ações lúdicas e de lazer organizadas para crianças, adolescentes, jovens e adultos; sucatoteca e organização dos espaços no faz de contas.
– Jogos pedagógicos que despertam os sentidos das brincadeiras populares como resgate lúdico e cultural;
– Empréstimos de livros para a comunidade local, escolas circunvizinhas e para o público atendido pela Casa dos Sonhos.
– Recreação dirigida com resgate das brincadeiras populares;
– Recreação livre, que aguça o mundo mágico do faz de conta e provoca descobertas e criações;

– Palestras, cursos, conferências e seminários.


previous arrow
next arrow
Slider